Segunda, - Boa Noite!

Sabia que estamos há 11 anos no mercado?

Conhecimento Digital

Blog, continue aprendendo!

Como a Disney faz a Internet das Coisas (IoT)


WDW-MY-MAGIC-BRACELET-300x197

A Internet das Coisas (IoT) diz respeito a quando a conexão em rede, em conjunto com os dispositivos adequados e infraestrutura, permite que, mesmo as experiências mais “não-tecnológicas” sejam transformadas e reforçadas pela tecnologia.
 

Seguindo a tendência das “cidades inteligentes”, a Disney World Co. fez de seus parques temáticos uma experiência única, usando da IoT para fomentar seus parques, aumentar a segurança, e capturar informações valiosas de seus clientes.

Em 2013, a empresa lançou seu MagicBand, um dispositivo vestível que serviria como tracker RFID para acesso ao parque:

disney-magic-band_large


 

Essa pulseira conta com transmissores de rádio de longo alcance e um chip que interagem com sensores e sistemas dentro de todo o parque, com o intuito de criar experiências especiais para os portadores do pacote MyMagic+.

Sua primeira experiência com o dispositivo acontece quando você entra no parque e aperta sua pulseira no leitor em forma de Mickey Mouse, que brilha para que você saiba que está pronto para a sua aventura.

A ideia parece simples, mas quem já usou o serviço garante que a experiência é surreal:

  • A pulseira substitui o cartão de crédito. Basta usá-la para fazer pagamentos. Nada de carregar carteira, dinheiro, cartões de crédito. Tudo ao alcance do braço e à prova d’água;

  • Os acessos aos parques e áreas VIP são feitos com a pulseira;

  • As centenas de sensores no parque acompanham você durante toda estadia, permitindo, por exemplo, que ao chegar ao restaurante onde você fez reservas, você seja chamado pelo nome, e tenha a mesa reservada disponibilizada assim que chegar. Seus pratos (que você pediu por antecedência) são direcionados exatamente para esta mesa sem que você tenha avisado absolutamente nada ou falado com ninguém. Tudo através de sensores e das suas pulseiras. A sua simples aproximação inicia uma série de eventos. Isso é chamado de “context awareness”.

  • As pulseiras também podem ser usadas nas atrações, onde você tiver feito reservas no fastpass ou tenha comprado o passe VIP pra ir nas filas expressas. Através delas, é possível identificar que você passou tempo demais em filas e, para amenizar, você pode receber um cupom de desconto ou mesmo uma passagem para a fila expressa, para uma próxima atração.

  • Junto com as pulseiras, vem um aplicativo móvel e um website dedicado. Através do aplicativo você pode fazer reservas de atrações, verificar o tempo de espera, ver o mapa, marcar o que você já visitou... Tudo conectado com sua pulseira.

  • O parque pode monitorar seus passos e separar momentos, filmados ou fotografados, e criar o que eles chamam de Story Engine, contando como foi sua estadia, sem que você perceba que está sendo filmado ou acompanhado. Você não terá que fazer nenhum esforço para garantir aquelas memórias que normalmente dão um trabalho enorme para gerar (carregar diversas máquinas e/ou celulares).

  • Medo de perder seus filhos em meio a multidão? Isso não te pertence mais. Você pode rastrear a localização dos membros da família, se for necessário:

 


disney-magic-band-hands_large

Toda essa engenharia é ancorada por mais de 100 diferentes sistema que interagem com milhões de sensores, além das pulseiras. Com um alto investimento (cerca de 1 bilhão de dólares), a Disney transformou a experiência de visitar seus mundo encantado.
 

O MagicBand e a Internet das coisas aumentam a missão da Disney de proporcionar experiências mágicas para os hóspedes – e é mais uma razão pela qual seus parques temáticos crescem em receita ano após ano.

Esse é o futuro da IoT. Sensores por todos os lados reagindo à nossa. Assustador? Para algumas pessoas sim. Esse futuro ainda esbarra na questão do compartilhamento, armazenamento e segurança da informação.

No caso da Disney, o usuário decide como vai ser a interação via pulseira, que nível de informação quer compartilhar, e como deseja que seja rastreado durante sua estada. Com um fornecedor conhecido e confiável, é fácil embarcar nessa aventura.

Por enquanto, as soluções de IoT estão restritas a cenários pequenos, como nossas casas ou o cinema que frequentamos.

Mas, se você quiser experimentar o futuro, quando dinheiro e nossa própria identificação serão migrados para dispositivos móveis, vá a Orlando!

Mickey_Mouse

 

Fontes: TIEspecilistas, The Motley Fool

Comentrios

Conhecimento Digital

Nossa Missão:
Proporcionar um ensino prático, com os melhores profissionais do mercado, garantindo a qualificação necessária para entrada e permanência no mercado de trabalho. Estando sempre atualizada quanto às inovações tecnológicas, e ser referência em ensino prático no estado de Alagoas.

NEWSLETTER | WHATSAPP

Receba o Calendário de Turmas

Enviando

CONTATO

(82) 3328.8792 | 99116.9000 | 99808.0811

(82) 98820.8792 | 98222.5225

cd@conhecimentodigital.com.br

© 2012 Conhecimento Digital. Todos os direitos reservados. Proibida reprodução completa ou parcial do conteúdo deste site.